Cadência é um dos termos que há muito migraram da linguagem militar para a musical, notadamente no universo do samba. Significa, como todos sabemos, o mesmo que “ritmo”, ou melhor: ritmo que flui com suavidade, mais lento, agradável de ouvir e sentir.

UmBalancoA explicação é para introduzir os textos desta edição de nosso informativo. Que pretendem, em seu conjunto, ser um resumo dos acontecimentos do ano que se finda. E aí fazemos outra distinção, para mostrar que o “balanço” do título não é o agradável movimento oscilatório da música que conduz à dança e, sim, o frio exame de uma conjuntura; um balanço sem cadência, enfim. Pois o ano de 2016, mais que todos dos últimos anos, virou o País de pernas para o ar e nos colocou a todos em compasso de espera.

Mas a AMAR trabalha, na esperança de que as festas de fim de ano transcorram em bom clima para todos e que 2017 seja diferente, com suave Melodia em nossos ouvidos e nossas mentes; ritmo no andamento dos verdadeiros interesses do País e dos bons cidadãos; e harmonia entre os Poderes da República para o bem de todo o povo brasileiro.


Nº 132 | 15/12/16 | Pág. 1