A AMAR-SOMBRÁS luta pelo Autor, pela defesa integral de seus direitos e por uma gestão autoral sem interferência dos usuários de suas obras, dos agentes econômicos e do próprio Estado.

Queremos um mercado cultural forte e livre, onde o Autor seja respeitado e seus direitos não sejam limitados pelo poder dos contratantes. Acreditamos na livre organização e na plena capacidade do Autor em decidir, com autonomia, sobre seu destino.

A AMAR-SOMBRÁS quer o diálogo, mas não a tutela da indústria, dos grupos editoriais, ou de quem quer que seja. Lutamos, principalmente, pela afirmação internacional do repertório brasileiro e ibero-americano.